Ads 468x60px

sábado, 21 de maio de 2011

Que queres que de diga? Eu não sei o que se passou contigo, não sei porque estas tão alterado e nem entendo o porquê de me odiares. As coisa entre nós, vão de mal a pior e eu sinceramente perco a vontade de falar contigo. Eu gostava, acredita que gostava de nunca me ter separado de ti. Apanhaste-me desprevenida, aliás ultimamente fazes muito isso. Quando menos espero vens falar comigo, vens-me relembrar tudo o que se passou. Já vi que estás com outra pessoa, não te condeno por isso, quiseste ser feliz e eu fiz o mesmo. Segui o meu caminho, e apesar de já não te ter a meu lado eu não perdi as forças. Se pudesse pedir um desejo, não pediria para voltar a estar junto de ti, pedia sim para voltar atrás e poder apagar o dia em que te conheci, e mesmo que esse desejo se tornasse real e mesmo que te apagasse do meu passado, quem me garantia que no futuro não me ia cruzar contigo? O destino tem destas coisas. Num dia dá-nos a coisa mais bonita do mundo, no outro transforma a nossa felicidade em algo triste e sem cor. Eu sozinha não posso cumprir as promessas que me fazias diariamente. "És a minha prioridade". Lembras-te desta frase?(...) É complicado descrever tudo o que se passou entre nós. Jogar palavras e tentar conjugar os verbos no passado não adianta de muito, porque sinceramente nunca fui muito boa com frases bonitas. Eu tinha-te prometido uma coisa muito básica, nunca te deixar, porém isso é difícil de cumprir. És uma pessoa complicada, perceber-te não é impossível, mas é uma tarefa bastante complexa. Eu gostava de te dizer isto tudo, não é falta de coragem, é receio. Não sei como irias reagir. Não és um rapaz propriamente calmo e se começares com estupidezes o mais provável seria eu enervar-me e dizer coisa da boca para fora e mais tarde arrepender-me por isso. Não me perguntes se ainda te amo, porque não, eu já não te amo. Eu adoro-te, e ás vezes penso que nem isso tu mereces. Nunca guardei rancor dentro do meu coração. Eu percebo, és adolescente, não sabes bem o sentido da palavra amar e queres aproveitar a vida. Se não és feliz comigo, ao menos... sê feliz por mim.
Esquece, porque eu também já esqueci…

11 Sentimentos:

Rafa disse...

*-*
O Blog está bem bonitinho ...

beatrizpereira disse...

adorooo,

beatrizpereira disse...

obrigado amor ;)


avril lavigne- innocense.

beatrizpereira disse...

qual ? ;o

Eliana Correia. disse...

estou a seguir sim, querida (:

adorei. ♥

Ana Rita disse...

muito obrigada :) claro!

Eliana Correia. disse...

vê lá se já aparece :b

beatrizpereira disse...

tem que ser, nao posso deixa-lo continuar a rir-se da minha cara ;)

beatrizpereira disse...

tem que ser, nao posso deixa-lo continuar a rir-se da minha cara ;)

beatrizpereira disse...

tem que ser :x

Mesquita disse...

gostei :)