Ads 468x60px

terça-feira, 7 de junho de 2011


Não te vou deixar sozinho nunca mais, prometo. Só não apago os textos porque fazem parte do meu passado e devem permanecer aqui escritos, mas retiro tudo o que disse. Foste sincero, estiveste vinte minutos a desabafar comigo e eu percebi o quanto tu estás magoado, apesar de toda essa imagem de durão, estavas quase a chorar. Das poucas vezes que me olhaste nos olhos eu vi o estado em que te encontravas. Senti-me culpada por não ter acreditado em ti, por te ter acusado. Mas sabes, que eu vou estar aqui todos os dias, vou continuar a defender-te e tudo isso. Por mais asneiras e disparates que faças eu vou sempre gostar imenso de ti, como gosto desde o primeiro dia. Acho que pela primeira vez consegui fazer-te confiar em mim. Quando precisares, chama, sabes onde me encontrar :)