Ads 468x60px

quarta-feira, 13 de julho de 2011


Agora pedes-me tempo, mas para quê? O tempo no fim nunca vale nada, só serve para arrastar a dor durante mais tempo. Afoguei as minhas lágrimas, já estou farta de moer e remoer cá dentro tanto sofrimento. A partir de agora farei as coisas por mim, não por ti. Já não consigo conter a raiva, sim tenho raiva, raiva de não seres capaz de perdoar, raiva por me fazeres chorar, raiva por tudo aquilo que já foi meu e que agora nem perto do meu alcance se encontra. Queres tempo e é isso que vais ter. Pode ser que daqui a uns meses eu já tenha passado esta fase e tal como me disseram "hoje ignoras-me, amanhã precisas de mim". Não preciso da tua piedade, preciso da tua amizade. Preciso do teu apoio, preciso de te chamar melhor amigo, preciso de ti como nunca precisei de ninguém. Passado tanto tempo ainda queres que to diga? Então eu digo, mais uma vez vou ter que pôr o meu orgulho de lado e digo-te: desculpa.

Errar é um defeito, perdoar deveria ser uma qualidade, mas no nosso caso, é o teu medo.
Notice me
Take my hand
Why are we
Strangers when
Our friendship's strong
Why carry on without me?

8 Sentimentos:

Cátia Mourisca disse...

forte, e desejo-te força!

sa-cris´ disse...

este facto consome-te todas as energias .... tem calma! muita força .... saber perdoar e uma grande qualidade, mas admitir os nossos erros tambem é uma grande qualidade.... nao e por o nosso orgulho de lado! (isto em minha opiniao)

beijinho

ana matos. disse...

como se chama a musica do blog amor ? $:

Mariana ;) disse...

força , esta muito bonito ;D

Eliana disse...

oh, há de saber perdoar. força querida,

andreia disse...

Obrigada. Será que podias «divulgar» o meu blogue ? é que estou a precisar de seguidores xs

ana matos. disse...

obrigada meu amor (:

NANA disse...

tive que mudar de endereço.
Agora estou em:
http://nana-secretlife.blogspot.com/

Beijinho*