Ads 468x60px

quarta-feira, 18 de maio de 2011



Eu sei que ele é o teu melhor amigo, e nem me vou meter no meio de vocês os dois. Mas tu sabes o género de pessoa que ele é, e tu tinhas-me prometido que depois daquilo não o ias perdoar. No entanto ele acabou a pedir desculpa e vocês voltaram a ser amigos. E sinceramente isso não me afectou muito. A vida é tua, e mesmo que eu me preocupe muito contigo não tenho nada haver com quem te dás ou deixas de dar. Mas o que mais me deixa triste é o facto da pessoa que tu te tornas quando estás com ele. Ele quer-te mudar e tu sem querer estás a prejudicar-te. Começas a achar que já és superior a tudo e todos, quando tu não és assim. O rapaz que eu amo é aquele que fala comigo todas as noites no MSN, que é querido e meigo. Já te disse é volto a repetir: não és o meu Confidente quando estás com ele. Isto anda-me a deixar em baixo. Na escola mal me falas, e se dependesse de ti se calhar nem me cumprimentavas. Sinceramente eu não te reconheço. Pensei que eras diferente, mas pelos vistos és uma cópia dele. Sabes, vou-te deixar bater com a cabeça (mais uma vez), talvez assim aprendas

3 Sentimentos:

NANA disse...

Minha querida o melhor é mesmo deixar que ele bata com a cabeça, mais uma vez.
Quanto mais bem tentamos fazer, pior é pois eles estão iludidos.
Mas deixa estar,um dia poderás dizer-lhe :"Eu avisei-te!"

R. disse...

Acho que se já fizeste tudo o que está ao teu alcance, tomaste a decisão certa.
Tem calma, e muita forçaaa*
As verdades acabam por vir sempre ao de cima.

R. disse...

De nada querida. (: